segunda-feira, 24 de julho de 2017

E a vida continua




E a vida continua
Mãe Lola, 21 de julho de 2017

E a vida continua
Agora sem a tua

A vida vai embora
Em horas
Em dias
Embora eu não queria aceitar
Que foste embora
Que agora
A minha vida continua

Sem a tua...

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Lembranças




Lembranças
Mãe Lola, 07.07.17

Lembranças
É só o que tenho

Venho lembrando
E falando nelas

Nelas me fortaleço
Esqueço um pouco a saudade
Para lembrar
Dias passados
Passado!!!!

O futuro será cheio de lembranças.

É só o que tenho
Venho contando
Estas lembranças
Contabilizando...

São tantas
E tão lindas

Bem vindas!

domingo, 2 de julho de 2017

Mesmo que eu saiba



Mesmo que eu saiba
Mãe Lola, 05.06.2017

Siiiim!
É assim mesmo!!

Mesmo que eu saiba
Que a saudade faz parte
Que esta dor faz parte
Que Deus me carrega
Que por Jesus tudo posso...

Mesmo que eu saiba tudo isso
O coração parte
Em mil pedaços

Mesmo que os mil abraços
Que já ganhei
Nos quais me alimentei
De energia
De nova vida cada dia

Foram mil!!!

Mesmo que eu saiba
Que o Santo Espírito
Auxiliador
E consolador
Me aplaca a dor...

Mesmo tudo isto
Ser exatamente tudo isto...

Mesmo assim
Não dou conta de mim
Assim!

Enfim!!

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Tudo vira saudade




Tudo vira saudade
Mãe Lola, 01.06.2017

Vira e mexe
Mexe e vira
E tudo vira saudade

Mexe comigo
As conversas contigo
Que ficaram na saudade

Mexe comigo
Os planos contigo
Que ficaram na saudade

Mexe comigo
A vida contigo
Que ficou na saudade

Vira e mexe
Mexe e vira
E tudo

Vira saudade!

domingo, 18 de junho de 2017

Não falar tanto nele?








Não falar tanto nele?
Mãe Lola, 13.06.2017

Não falar tanto nele?

Me faz bem falar
Me faz bem lembrar
E compartilhar
A saudade do filho

Ela se despedaça
E tu me ajudas
A carregar um pedaço

Faço assim
Para dar conta de mim
Para acalmar

Falar
É meu calmante
É meu socorro.

Socorro!!
Se eu não falar
Eu também morro!!

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Nossas conversas



Nossas conversas
(mãe Lola, 06.06.2017)

Nossas intermináveis
Conversas no face

Nossas inimagináveis
Conversas no watsapp

Nossas adoráveis
Conversas ao vivo

Vivo
Com estas lembranças
E por elas
Ainda vivo!


sexta-feira, 9 de junho de 2017

Ter saudade do filho que se foi










Ter saudade do filho que se foi
(Mãe Lola, 26.05.2017)                      



 Ter saudade do filho que se foi
É dizer aqueles “Te amo, meu filho”
Ditos tantas vezes
Como se ele ainda
Estivesse ouvindo

Ter saudade do filho que se foi
É ouvir aqueles “Te amo, mãe”
Escutados tantas vezes
Como se ele ainda
Estivesse dizendo

Ter saudade do filho que se foi
É lembrar a sua voz firme, segura
Mas doce

Ter saudade do filho que se foi
É lembrar suas ideias revolucionárias
Sempre libertárias
E tão cheias de ternura
(“Hai que endurecerse,
Pero sin perder la ternura jamás”)

Ter saudade do filho que se foi
É escrever poesia no caderninho
Presente dele
Com a dedicatória inteligente dele:
“Escreva, Lola! Escreva!”

Ter saudade do filho que se foi
É viver intensamente em nome dele
Sabendo o quanto ele queria viver
E ser feliz!

Ter saudade do filho que se foi
É respirar muito fundo
E num profundo lamento de dor
E de amor
Perceber que aquele sem fim
De angústia
De ansiedade
E sofrimento
(doença tormento)
Não mais
Tem poder
Sobre ele
E que ele
Descansa em paz!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!

Oiiii! Que bom que estás aqui comigo. Valeu!
Muito obrigada pela visita. Volta!